Quarta, 19 de Junho de 2024
18°C 35°C
Pontes e Lacerda, MT
Publicidade

Polícia Civil orienta o que fazer em caso de sequestro de perfil de WhatsApp

Confira as dicas abaixo para restaurar seu perfil que foi invadido, além de orientações finais para garantir que seu perfil nunca mais seja comprometido.

24/05/2024 às 09h00
Por: Nailton Alves Fonte: Polícia Civil
Compartilhe:
Imagen Ilustrativa
Imagen Ilustrativa

A Polícia Civil de Mato Grosso esclarece que, nessa situação, os criminosos assumem total controle sobre o autêntico perfil de WhatsApp da vítima. Isso significa que os invasores podem enviar e receber mensagens, passando-se pela vítima de forma imperceptível para outros. Após a invasão, a vítima fica impossibilitada de acessar seu próprio perfil de WhatsApp, que passa a operar no dispositivo móvel ou computador dos criminosos.

Confira as dicas abaixo para restaurar seu perfil que foi invadido, além de orientações finais para garantir que seu perfil nunca mais seja comprometido.

01. Registre o Boletim de Ocorrência

A vítima pode registrar o boletim de ocorrência por meio de uma delegacia física ou, ainda, pelo site da delegacia virtual, qual seja: https://portal.sesp.mt.gov.br/delegacia-web

02. Denuncie e Solicite a Devolução do Perfil Sequestrado

A denúncia deverá ser feita por e-mail e pelo aplicativo de mensageria WhatsApp.

E-mail

Para denunciar a conta hackeada, a vítima deve enviar e-mail para [email protected] informando sobre hackeamento/sequestro de perfil, bem como solicitar a desativação temporária da conta e o, posterior, envio de link de recuperação.

Atenção!

É importante enviar, em anexo ao e-mail, fotos das conversas nas quais foram solicitados (ou tentaram solicitar) valores;

E, ainda, indicar no e-mail qual é o número verdadeiro da vítima no formato internacional e sem o nono dígito (exemplo: +55 65 8173-0570).

Exemplo de texto de e-mail a ser enviado:
No campo “assunto” de e-mail inserir: URGENTE – HACKED ACCOUNT

Olá, Meu nome é FULANO(A) DE TAL e venho informar que o meu perfil de WhastApp vinculado ao número ... (INSERIR O NÚMERO DO PERFIL COM DDI, DDD E SEM O NONO DÍGITO, veja o exemplo: +55 65 8173-0570) foi hackeado/sequestrado.

Relato que criminosos estão utilizando o meu perfil sequestrado para a prática de crimes graves previstos na legislação brasileira, bem como estão violando os termos de serviço e políticas de privacidade do WhatsApp.
Solicita-se a desativação temporária da minha conta e o envio de link de recuperação do perfil para o meu número vinculado.


Por fim, seguem em anexo, prints dos diálogos dos criminosos com terceiros após o hackeamento.

Denunciar no próprio aplicativo WhatsApp:

Solicite às pessoas que foram contatadas pelos criminosos para: abrirem a tela da conversa com o perfil sequestrado (mas não precisa enviar mensagens) > clicar sobre o número > tocar em “denunciar contato” > e, por fim, clicar em “denunciar e bloquear”;

Observação! Importante que a pessoa que recebeu as mensagens do criminoso também denuncie, pois, as últimas 05 (cinco) mensagens serão enviadas para o setor de moderação do WhatsApp.

03. Orientações Finais

a. Apesar de os criminosos não possuírem acesso ao conteúdo das conversas anteriores da vítima, eles estarão automaticamente inseridos nos grupos dos quais ela faz parte;

b. Informe aos seus contatos, utilizando mensagens de texto (SMS) e plataformas de redes sociais, sobre a invasão do seu perfil para prevenir a ocorrência de futuros golpes;

c. Após a recuperação, ajuste as configurações de privacidade do seu perfil no WhatsApp, bem como nas redes sociais Instagram e Facebook, limitando a visualização da foto do perfil, a adição a grupos e a visualização de publicações, entre outros aspectos;

d. Ative a confirmação em duas etapas no WhatsApp para evitar o sequestro de perfil (roteiro padrão que pode ter pequenas diferenças a depender do modelo do aparelho e da versão instalada do aplicativo WhatsApp):
No IOS (IPHONE): abra o WhatsApp e clique em “configurações” > “conta” > “confirmação em duas etapas” > “ativar” > crie uma senha (PIN) > confirme a senha (PIN) criada.

No ANDROID (XIAOMI, Samsung, LG, Motorola etc.): abra o WhatsApp > clique nos “3(três) pontos do canto superior direito” > “configurações” > “conta” > “confirmação em duas etapas” > “ativar” > após sigas as orientações do WhatsApp e insira uma senha de 06 (seis) dígitos e seu e-mail.

Acesse e siga o perfil de Instagram @policiacivil_mt para ver estas e outras orientações de modo ilustrado. Clique no link a seguir:  https://www.instagram.com/policiacivil_mt/?hl=pt

Continua após a publicidade
Anúncio

✅ Clique aqui para participar do nosso Canal no WhatsApp, e receba as notícias na palma da sua mão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Pontes e Lacerda, MT
21°
Tempo limpo

Mín. 18° Máx. 35°

21° Sensação
0.98km/h Vento
57% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h21 Nascer do sol
06h35 Pôr do sol
Qui 36° 19°
Sex 38° 19°
Sáb 37° 19°
Dom 38° 20°
Seg 38° 21°
Atualizado às 23h09
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,44 +0,03%
Euro
R$ 5,84 +0,05%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,03%
Bitcoin
R$ 377,677,26 +0,79%
Ibovespa
119,630,44 pts 0.41%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias